Salto Alto vs Louboutin

Creio que todas as mulheres têm pelo menos um par. Mas, este acessório indispensável para nós Mulheres já fez parte do roupeiro MASCULINO.

Reza a história que os primeiros sapatos de salto alto foram inventados para auxiliar os cavaleiros Persas nas montarias. O Bata Shoe Museum, em Toronto – Canadá, tem exposto alguns pares.

Em finais do século XVI, os saltos altos conquistaram o roupeiro masculino com a disseminação da cultura Persa pela Europa. Nos séculos XVI a XVII, os sapatos de saltos altos eram bastante populares entre os membros das classes mais privilegiadas. Um dos grandes utilizadores foi o Monarca Francês Rei Luís XIV, que decretou a utilização dos saltos vermelhos como o dele, apenas aos membros da sua corte, criando desta forma a distinção entre os Nobres e os Plebeus.

O Designer Christian Louboutin, teve como referência e inspiração este facto histórico para criação dos seus calçados, associando a sola vermelha á sua marca pessoal. Em 2008, Louboutin conquistou a patente da Sola vermelha, mas não a sua exclusividade.

Por volta de 1740, na luta pela igualdade de géneros e em consequência de algumas mudanças comportamentais dos homens, as mulheres decidiram adoptar alguns hábitos masculinos tais como fumar, usar calças, usar cabelo curto. Decidiram ainda, adoptar algumas peças masculinas ao roupeiro feminino, dentre elas o sapato de salto alto que perdura até hoje sob o nosso reinado. 

You may also like

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

two × 3 =